Tentativa de folar de Olhão

folar de Olhão

Nesta Páscoa resolvi tentar fazer um folar… Desde que me conheço por gente que este é sem duvida o meu bolo preferido desta época. Na Páscoa a minha mãe compra sempre 2 folares, um normal, daquele bolo seco e outro maravilhoso cheio de veios de açúcar e canela por dentro, assim uma delicia, descobri que se chama Folar de Olhão. Sem duvida que a tentar fazer um folar teria de ser esse. E foi o que fiz. Alguma pesquisa na net, encontrei variadas maneiras de o fazer inclusive no estender e enrolar da massa. Juntei um pouco de cada receita como me pareceu melhor , fiz a massa na maquina de fazer pão, mas também se pode fazer da mesma forma à mão. Como poderão calcular pelo titulo do post a coisa não correu muito bem, mas como uma cozinha não é só feita de coisas perfeitas resolvi fazer o post na mesma, quando tentar novamente e correr melhor remendo :)

Ingredientes:

500g de farinha sem fermento
30gr de fermento Royal
1 laranja em sumo
0.5 dl de leite
1 colher de café de sal
30gr de banha
90 gr de vaqueiro liquida
1 ovo
1/5 cálice de aguardente
1 colher de chá de canela em pó
qb erva doce

folar-154

Para as camadas:

manteiga (vaqueiro liquida)
açúcar amarelo
mel
canela
chocolate em pó pantagruel

Preparação:

Coloque o leite na cuba da máquina e adicione o sumo da laranja, a banha, a manteiga, a aguardente, a farinha e o fermento, junte depois o ovo, o sal e um pouco de canela em pó e a erva doce. Inicie o programa e seguir até ao final com levedação incluida.

folar-155

Retire a massa para a mesa, volte a amassar e junte mais farinha se necessário para a massa ficar com a consistência certa (fica muito macia e não deve estar peganhenta).

folar-156
Esticar a massa em forma de retângulo e cobrir com uma mistura de todos os ingredientes, primeiro barrar com a vaqueiro liquida, espalhar depois o açúcar amarelo, depois a canela e o chocolate em pó, espalhar depois uns fios de mel.

folar-157

folar-158

Dobrar as duas laterais do retângulo para dentro e voltar a cobrir a massa pela mesma ordem.

Enrolar a massa em comprimento com muito cuidado como se fosse uma torta e colocar num tacho “em pé”, fica com o enrolado para cima. Ai cobrir com manteiga, e uma mistura de açúcar amarelo com canela (isto vai fazer o caramelo por cima por isso quanto mais tiver mais cobertura de caramelo fica)

folar-159

folar-160

Levar ao forno a 190º cerca de 30 minutos. Desenformar assim que estiver pronto.

Não consigo perceber o que correu mal, mas calculo que tenha sido a forma que usei para o forno, como não tinha nenhuma forma que fosse de folar resolvi usar um tacho normal e penso que não terá deixado passar bem o calor, pois o folar cresceu maravilhosamente, estava caramelizado por cima e quando fui desenformar estava cru do meio para baixo. Claro que desmoronou completamente e o que resolvi fazer foi por numa travessa e voltar a levar ao forno. Depois ficou bem cozido, estava saboroso com o sabor característico do folar mas a massa ficou estranha.

Quando voltar a tentar vou tirar-lhe o leite e o ovo, que são ingredientes que me parecem poder ter alterado a consistência da massa. Entretanto se isto já aconteceu a alguém e me souber dizer o que aconteceu de mal agradeço :)