Chefs à Pesca e a grelhar

Decorreu este fim de semana mais uma edição do Vagos Sensation Gourmet na Praia da Vagueira.

Inserido na sua programação esteve o “Chefs à Pesca” . Um evento promovido pelo Mário Cerdeira da Gesticook, que pretende recriar a arte xávega, tão conhecida por aquelas zonas mas desconhecida de muitos. Trata-se de uma forma de pesca costeira artesanal em que a embarcação sai para o mar deixando uma extremidade da rede em terra, recorrendo-se depois ao auxílio de juntas de bois para recolher. A ideia era mesmo muito interessante mas a mãe natureza resolveu mostrar quem manda e com ondas enormes e um vento bastante forte não deixou os pescadores irem ao mar, o que nos deixou bastante desgostosos mas nem por isso sem um belo almoço.

Luís Barradas desafiou os chefs e a ideia era pescarem o peixe para depois cozinhar, não deu para pescar, mas deu para cozinhar… e bem!

Tivemos peixe fresco grelhado junto à praia sempre acompanhado de bom vinho e boa disposição, apesar do vento não dar tréguas.

Terminou em beleza já dentro do barração dos pescadores com uma Grãozada de samos e línguas de bacalhau, cozinhada na altura pelo chef Luís Barradas e o chef Paulo Matias.